PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Maduro denuncia que militares desertores conspiram na Colômbia

30/01/2019 11h01

Caracas, 30 Jan 2019 (AFP) - O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, denunciou nesta quarta-feira que desertores militares, transformados em "mercenários", segundo ele, conspiraram da Colômbia para dividir as Forças Armadas e tentar um golpe de Estado.

"Um grupo de desertores militares tornaram-se mercenários da oligarquia colombiana e conspiram da Colômbia para dividir as Forças Armadas", afirmou.

"Unidade monolítica, moral máxima! E onde aparecer um mercenário traidor, justiça!", proclamou ainda Maduro, sem dar mais detalhes, ao liderar uma marcha com 2.500 militares em um quartel em Caracas, no mesmo dia de uma manifestação convocada pela oposição.

erc/ml/cn

Internacional