Topo

Sentença de Chapo Guzmán será adiada para 17 de julho

2019-06-17T17:58:00

17/06/2019 17h58

Nova York, 17 Jun 2019 (AFP) - A sentença do ex-chefe do cartel de Sinaloa, o traficante mexicano Joaquín "Chapo" Guzmán, foi adiada de 25 de junho para 17 de julho por Brian Cogan, o juiz federal de Nova York que presidiu seu julgamento por narcotráfico, anunciou a promotoria nesta segunda-feira.

O organismo do distrito leste de Nova York não explicou as razões da mudança, que permitirá a realização de uma nova audiência com integrantes do júri antes da sentença, como desejam os advogados do Chapo.

Em 12 de fevereiro, após um julgamento de três meses no Brooklyn, Chapo, de 62 anos, foi declarado culpado de traficar toneladas de cocaína, heroína, metanfetaminas e maconha para os Estados Unidos durante 25 anos. Ele pode ser condenado à prisão perpétua.

lbc/mls/cc

Mais Internacional