Topo

Maduro adverte que será 'implacável' se oposição tentar derrubá-lo

26/06/2019 21h17

Caracas, 27 Jun 2019 (AFP) - O presidente venezuelano, Nicolás Maduro, advertiu nesta quarta-feira que será "implacável" caso a oposição tente derrubá-lo com um golpe de Estado, após seu governo denunciar um plano para retirá-lo do poder e matá-lo.

"Seríamos implacáveis em uma contraofensiva revolucionária diante de uma tentativa de golpe fascista. Implacáveis!", afirmou Maduro em um ato transmitido em rede nacional de rádio e TV.

"O que pode vir (...) é uma revolução mais radical, mais profunda, uma revolução que acabe por completo com os privilégios da oligarquia e de todos os setores fascistas do país", declarou Maduro em um ato no Palácio Presidencial de Miraflores.

Maduro também descarregou sua cólera contra o presidente colombiano, Iván Duque: "É evidente a cumplicidade e a participação de Ivan Duque e do governo da Colômbia nesta tentativa fascista para me assassinar (...). O mundo precisa saber que a partir da Colômbia se conspira e se trata de subverter a ordem na Venezuela".

"Não conseguirá, Donald Trump, não conseguirão estes bandidos: (John) Bolton, Elliott Abrams, (Mike) Pence, (Mike) Pompeo, Marco Rubio...".

mbj/lr

Internacional