PUBLICIDADE
Topo

Ruanda fecha fronteira com a República Democrática do Congo após novo caso de ebola

Congoleses caminham próximos à fronteira fechada de Ruanda - Djaffer Sabiti/Reuters
Congoleses caminham próximos à fronteira fechada de Ruanda Imagem: Djaffer Sabiti/Reuters

Em Goma (República Democrática do Congo)

01/08/2019 06h20

Ruanda decidiu fechar sua fronteira com a República Democrática do Congo (RDC) após a confirmação de um terceiro caso de ebola em Goma, cidade congolesa situada no limite entre os países, criticaram hoje as autoridades da RDC.

"Por uma decisão unilateral das autoridades ruandesas, os cidadãos ruandeses não podem seguir até Goma, enquanto os congoleses podem sair de (a cidade fronteiriça ruandesa) Gisenyi, mas não podem voltar", afirma um comunicado da presidência da RDC.

O segundo paciente com ebola em Goma, grande cidade do leste da RDC, morreu e um terceiro paciente foi diagnosticado com o vírus ontem, o que provocou preocupação entre a população local, no momento em que se aproxima o primeiro aniversário da declaração da epidemia.

Internacional