PUBLICIDADE
Topo

Israel admite vítimas civis 'inesperadas' em bombardeio em Gaza

15/11/2019 09h47

Jerusalém, 15 Nov 2019 (AFP) - O Exército israelense reconheceu, nesta sexta-feira (15), que houve vítimas civis "inesperadas" em um bombardeio sobre Gaza, que tinha como alvo um dirigente do movimento radical palestino Jihad Islâmica.

"Segundo informações de que o Exército dispunha no momento do ataque, não estava previsto que (o bombardeio) causasse vítimas civis", afirmou a corporação em uma nota enviada à AFP, referindo-se ao bombardeio lançado na quinta-feira (14).

Neste ataque aéreo, foram mortos oito membros de uma mesma família, incluindo crianças.

gl/tp/bl/mar/tt

Notícias