PUBLICIDADE
Topo

Air Canada corta metade de sua capacidade a partir de abril por coronavírus

5.fev.2019 - Avião da companhia Air Canada se prepara para pousar no aeroporto internacional de Vancouver - Ben Nelms/Reuters
5.fev.2019 - Avião da companhia Air Canada se prepara para pousar no aeroporto internacional de Vancouver Imagem: Ben Nelms/Reuters

Da AFP, em Montreal

16/03/2020 15h53

A Air Canada reduzirá sua capacidade de transporte de passageiros no segundo trimestre em 50% em relação ao ano passado devido a uma queda no tráfego e seus ganhos como resultado da nova pandemia de coronavírus, anunciou a companhia aérea nesta segunda-feira.

Embora a empresa "espere que esses distúrbios sejam temporários", decidiu retirar suas previsões de resultados para o primeiro trimestre atual e para todo o exercício financeiro de 2020 e 2021.

A Air Canada informou em comunicado que sua redução de capacidade deve ficar em torno de 75% em abril no mercado da Ásia-Pacífico.

A empresa espera, no entanto, ser capaz de mitigar de 50% a 60% suas perdas de receita no segundo trimestre, devido a preços mais baixos de combustíveis, economia associada à capacidade reduzida, incluindo demissões e um programa geral de redução de custos.

Coronavírus