PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Esse conteúdo é antigo

Espanha teme a importação de contágios quando abrir as fronteiras

9.jun.2020 - Movimentação em Madri, na Espanha, durante flexibilização na pandemia do novo coronavírus - NurPhoto via Getty Images
9.jun.2020 - Movimentação em Madri, na Espanha, durante flexibilização na pandemia do novo coronavírus Imagem: NurPhoto via Getty Images

Em Madri (Espanha)

10/06/2020 14h23

As autoridades de saúde da Espanha se mostraram preocupadas hoje pela importação de contágio de coronavírus do exterior quando as fronteiras reabrirem em julho.

O diretor de emergências de saúde Fernando Simón afirmou em sua coletiva de imprensa diária que "a situação da epidemia é muito favorável", com entre dois e cinco mortos diários nos últimos dias e 40 no total da última semana.

No geral, o Ministério da Saúde registrou hoje 27.136 mortos por coronavírus, um número que mal evoluiu nas duas últimas semanas.

Em relação aos novos casos, o número também tem reduzido, embora o desconfinamento progressivo implantado em maio tenha gerado alguns rebotes que, segundo Simón, "parecem estar controlados".

Coronavírus