PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
10 meses

Nova Zelândia detecta primeiros casos de coronavírus em 25 dias

Jacinda Arden, primeira-ministra da Nova Zelândia, afirmou que país terá "novos casos" no futuro - Getty Images
Jacinda Arden, primeira-ministra da Nova Zelândia, afirmou que país terá "novos casos" no futuro Imagem: Getty Images

16/06/2020 05h59Atualizada em 16/06/2020 08h31

A Nova Zelândia registrou hoje dois novos casos de coronavírus, depois de 25 dias sem notificação de qualquer contágio.

As duas pessoas portadoras da covid-19 chegaram ao país recentemente do Reino Unido, informou o ministério da Saúde, que indicou que os casos "estão vinculados".

De acordo com o jornal Daily Mail, as duas mulheres contaminadas foram à Nova Zelândia para participar dos rituais de luto de um parente morto. Elas desembarcaram em 7 de junho e tiveram permissão especial para deixar a quarentena para estrangeiros por conta da situação.

Ambas foram testadas ontem, e uma delas, segundo o tabloide, afirmou que teve alguns sintomas parecidos com os da covid-19.

Apenas os cidadãos neozelandeses e suas famílias podem entrar no arquipélago, com poucas exceções, como pessoas que viajam por razões profissionais ou humanitárias.

Agora, as pessoas que estavam com elas no mesmo voo para a Oceania estão sendo procuradas para realização de testes.

Qualquer pessoa que chega ao país deve cumprir uma quarentena de 14 dias.

No arquipélago do Pacífico Sul, onde vivem cinco milhões de pessoas, foram registrados 1.154 casos e 22 mortes por coronavírus.

Na semana passada, as autoridades anunciaram que o país não tinha mais casos ativos e suspenderam todas as restrições nacionais, como as medidas de distância de segurança e os limites às concentrações em vias públicas.

Na segunda-feira, a primeira-ministra Jacinta Ardern, explicou que não declarou o país livre do vírus porque "teremos novos casos no futuro".

Coronavírus