PUBLICIDADE
Topo

Coronavírus

Conteúdo publicado há
9 meses

Com delta, Rússia bate recorde de mortos por covid em 24 h pelo 2º dia seguido

11.ago.2021 - Mulher usa máscara dentro de um metrô em Moscou, na Rússia, em meio à pandemia de covid-19  - Kirill Kudryavtsev/AFP
11.ago.2021 - Mulher usa máscara dentro de um metrô em Moscou, na Rússia, em meio à pandemia de covid-19 Imagem: Kirill Kudryavtsev/AFP

Da AFP

13/08/2021 06h05Atualizada em 13/08/2021 07h21

A Rússia registrou 815 mortes por covid-19 nas últimas 24 horas, um recorde pelo segundo dia consecutivo desde o início da pandemia.

Na origem deste avanço estão, sobretudo, a presença da variante delta e a lenta campanha de vacinação. A pandemia voltou a se intensificar no início do verão (inverno no Brasil).

Também foram registrados 22.277 novos casos nas últimas 24 horas, conforme balanço diário divulgado pelo centro de crise do governo russo.

No total, o governo contabiliza 168.864 mortes de covid-19 desde que o coronavírus começou a se propagar no país.

Este número é parcial, porém, pois leva em consideração apenas os casos em que a necropsia determinou o coronavírus como principal causa do óbito.

A agência russa de estatísticas, a Rosstat, estima que as mortes por covid-19 no país tenham passado de 300.000 até o final de junho.

A onda da pandemia provocada na Rússia pela variante delta deixou 21 mil mortos em junho no país, segundo a Rosstat.

Coronavírus