PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
9 meses

União Europeia deve falar com talibãs 'porque eles venceram a guerra', diz chefe da diplomacia

17.ago.2021 - Homens do Taleban guardam entrada do Ministério do Interior, em Cabul - Javed Tanveer/AFP
17.ago.2021 - Homens do Taleban guardam entrada do Ministério do Interior, em Cabul Imagem: Javed Tanveer/AFP

17/08/2021 14h26

O chefe da diplomacia da União Europeia (UE), Josep Borrell, disse hoje que é preciso falar com os talibãs já que eles ganharam a guerra no Afeganistão.

"Os talibãs venceram a guerra, então temos que falar com eles", disse Borrell, que insistiu que isso não significa que irá reconhecer rapidamente seu regime.

A UE "abrirá um diálogo assim que possível para prevenir um desastre humanitário e potencialmente migratório", explicou Borrell na saída de uma reunião urgente dos ministros das Relações Exteriores europeus por causa da queda de Cabul nas mãos dos rebeldes afegãos.

"O diálogo também deve se concentrar na forma de evitar o retorno de uma presença terrorista estrangeira no Afeganistão", acrescentou.

"Não se trata de um reconhecimento oficial, mas de negociar com eles", insistiu.

"Se quero que 400 pessoas, afegãos e suas famílias, que trabalharam conosco e as delegações da UE, cheguem ao aeroporto, é preciso entender que tenho que falar com eles", explicou o chefe da diplomacia europeia.

Internacional