PUBLICIDADE
Topo

Roraima receberá cinco unidades do Programa Estação Juventude

Da Agência Brasil

22/03/2018 10h15

A Secretaria Nacional de Juventude (SNJ) pretende instalar cinco unidades do Programa Estação Juventude em Roraima. O objetivo é, ao promover a inclusão de jovens no mercado, amenizar os efeitos que a migração de venezuelanos poderá causar à "situação de pobreza, especialmente na capital do estado", disse hoje (22) o secretário nacional de Juventude, Assis Filho. O Programa Estação Juventude oferece diversos serviços a fim de promover a inclusão e emancipação dos jovens. São espaços espalhados pelo Brasil, que visam a ampliar o acesso dos jovens às políticas públicas. Segundo Assis Filho, Roraima é o único estado que ainda não foi visitado pela secretaria. "Já passamos por 26 unidades federativas. O próximo estado é Roraima. Estamos programando uma visita para o próximo mês, a fim de lançar um conjunto de ações estratégicas para a juventude. Essas ações integram o Brasil Mais Jovem", disse ele, em entrevista ao programa Por Dentro do Governo, da TV NBR. Assis Filho explicou que entre os motivos da visita está o fato de Roraima passar "por uma situação delicada, com a chegada de vários venezuelanos, o que acaba piorando ainda mais a situação de pobreza, especialmente na capital. A secretaria entregará cinco estações da Juventude no estado - em São Luis, Rorainópolis, na capital [Boa Vista] e em mais dois municípios". O secretário acrescentou que haverá também o Inova Jovem, criado com o objetivo de reduzir a vulnerabilidade juvenil em comunidades, a partir do Índice de Vulnerabilidade Juvenil à Violência 2017.