Raia olímpica da USP terá grade no lugar de mureta

Bruno Ribeiro

São Paulo

  • Julia Rodrigues/Folhapress

    Mureta que separa a raia e a marginal será substituída por grade que permite visão da raia

    Mureta que separa a raia e a marginal será substituída por grade que permite visão da raia

A mureta que separa a raia olímpica da USP (Universidade de São Paulo) e a Marginal do Pinheiros, na zona oeste da capital paulista, será substituída por uma grade que permite a visão do leito da raia. A área também deverá passar por um tratamento paisagístico.

A mudança, divulgada ontem pelo prefeito João Doria (PSDB), também é resultado de uma das parcerias com a iniciativa privada que vêm sendo acertadas pela prefeitura. Desta vez, os custos serão pagos por uma operadora de planos de saúde.

De acordo com a prefeitura, o chamamento público que viabilizará a iniciativa foi feito pela USP no mês passado. A instalação das novas grades foi estimada em pelo menos R$ 1,6 milhão. Já o tratamento paisagístico, com a troca da iluminação, ficará em mais R$ 160 mil.

Não foi informado quando a retirada do muro vai começar. O trabalho deverá ser feito à noite, para não atrapalhar o trânsito. A expectativa é de que toda a obra deverá estar pronta ainda no segundo semestre deste ano, segundo a prefeitura. As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos