STJ quebra sigilo telefônico do governador de Santa Catarina

Gabriel Roca, especial para AE

São Paulo

  • Divulgação/ Jaqueline Noceti / Secom

    1º.jan.2015 - Governador Raimundo Colombo (PSD) toma posse para o segundo mandato na noite de quinta-feira (1º), em ato na Assembleia Legislativa de Santa Catarina

    1º.jan.2015 - Governador Raimundo Colombo (PSD) toma posse para o segundo mandato na noite de quinta-feira (1º), em ato na Assembleia Legislativa de Santa Catarina

O ministro Luis Felipe Salomão autorizou, nesta segunda-feira (5) a quebra de sigilo telefônico do governador de Santa Catarina, Raimundo Colombo (PSD). O político é investigado em um desdobramento da Operação Lava Jato por supostamente ter recebido R$ 2 milhões em caixa dois de executivos da construtora Odebrecht, durante a campanha eleitoral de 2010.

A quebra do sigilo corresponde ao período de 1.º de junho de 2012 a 28 de fevereiro de 2015. O ministro também afastou o sigilo telefônico do ex-secretário da Fazenda de Santa Catarina, Antônio Gavazzoni, do ex-secretário de Comunicação Ênio Branco, apontado nas investigações como "intermediário", e dos executivos Fernando Reis e Paulo Roberto Welzel, da Odebrecht, delatores do suposto repasse.

Segundo o ministro, a quebra de sigilo "é essencial para que se possa identificar eventual comunicação entre os agentes e a confirmação de sua localização nas datas e períodos apontados".

Ainda segundo Salomão, há indícios suficientes para justificar o deferimento da medida, solicitada pelo Ministério Público Federal, "e que o direito à intimidade não pode servir de instrumento de salvaguarda para práticas ilícitas".

Defesa

O assessor do governo de Santa Catarina, Claudio Thomas, afirmou que o governador Raimundo Colombo "apoia integralmente a decisão da Justiça e que a medida é a melhor forma de esclarecer os fatos".

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos