Gilmar não vê impedimento em relatar inquérito que apura denúncias contra Aécio

Pedro Venceslau

São Paulo

Escolhido para ser relator de um dos inquéritos da Lava Jato que apura denúncias de ex-executivos da Odebrecht contra o senador afastado Aécio Neves, o ministro Gilmar Mendes, do STF, disse nessa segunda-feira, 26, que não se sente "nada impedido" e não vê "nenhum impedimento" em relatar o caso. O ministro não quis falar com jornalistas após uma palestra sobre saneamento no Instituto Fernando Henrique Cardoso, em São Paulo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos