Maia diz que manterá votação da denúncia contra Temer e ministros

Igor Gadelha

Brasília

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse nesta tarde que manterá a sessão plenária desta quarta-feira, 25, em que está marcada a votação da denúncia contra o presidente Michel Temer, mesmo com o problema de saúde ao qual o chefe do Executivo foi acometido hoje.

Maia disse acreditar que o governo conseguirá mobilizar quórum suficiente de 342 deputados no plenário para que a votação, de fato, possa começar. Com cerca de 120 dos 513 deputados da Casa, a oposição segue sem registrar presença no plenário para tentar provocar o adiamento da votação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos