Agentes preferem negociação com defesa de Lula, diz presidente da Fenapef

Daniel Weterman, enviado especial

Curitiba

O presidente da Federação Nacional dos Policiais Federais (Fenapef), Luís Antônio Boudens, afirma que os agentes envolvidos na operação de prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva consideram que uma negociação com a defesa do petista é a melhor forma de cumprir a ordem de execução da pena.

Encerrado o prazo das 17 horas dado pelo juiz Sérgio Moro, o representante dos policiais federais considera a possibilidade de Lula ainda se entregar à PF em São Paulo, de os agentes prenderem o ex-presidente na sede do Sindicato dos Metalúrgicos do ABC (SP), entre 17 e 18 horas ou, cumprir a ordem num outro dia.

"A intenção não é dar o cumprimento a qualquer custo, mas cumprir a ordem da melhor forma, com tranquilidade e sem 'midiatismo'." A PF garante que há uma aeronave reservada para transportar o ex-presidente de São Paulo a Curitiba.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos