Topo

Bolsonaro: 'Árdua é a missão de desenvolver e defender a Amazônia'

Julia Lindner

Brasília

23/08/2019 12h18

O presidente Jair Bolsonaro iniciou o discurso na cerimônia do Dia do Soldado, no Exército, dizendo que "árdua é a missão de desenvolver e defender a Amazônia". "Muito mais difícil foi a missão dos nossos antepassados de conquistá-la e mantê-la", afirmou o presidente.

A fala ocorre em meio a críticas sobre a política ambiental do governo, diante do aumento em incêndios criminosos que ocorrem na região amazônica. Em sinal de apoio, Bolsonaro chegou ao evento acompanhado do ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles.

Sem citar nomes, Bolsonaro afirmou que o Brasil tem inimigos e que eles estão ganhando a "guerra da informação". "Não nos faltam inimigos, como os de sempre, que teimam em ganhar a guerra da informação", declarou.

No discurso, Bolsonaro também voltou a dizer que o Brasil "está sob nova direção" e que o País "vai dar certo". Também reforçou que há "confiança mútua" entre ele e os ministros. Bolsonaro ainda fez um agradecimento direcionado ao vice, Hamilton Mourão.

Mais Cotidiano