PUBLICIDADE
Topo

Cotidiano

Conteúdo publicado há
1 mês

Com nova frente fria, SP vai montar tendas de apoio à população de rua

Com a previsão de frio intenso para os próximos dias, Prefeitura determinou a criação de uma força-tarefa para reforçar o acolhimento à população em situação de rua - Flávio Florido
Com a previsão de frio intenso para os próximos dias, Prefeitura determinou a criação de uma força-tarefa para reforçar o acolhimento à população em situação de rua Imagem: Flávio Florido

Marianna Gualter

São Paulo

27/07/2021 13h09

A chegada de uma nova frente fria deve fazer a temperatura cair em São Paulo a partir desta quarta-feira, 28, quando a mínima desce para 10°C. Com a previsão de frio intenso para os próximos dias da semana, a Prefeitura determinou a criação de uma força-tarefa para reforçar o acolhimento à população em situação de rua.

Segundo o prefeito Ricardo Nunes (MDB), a partir de quarta serão montadas cinco tendas em pontos estratégicos da capital para distribuição de sopas, cobertores, agasalhos e kits de higiene. A previsão é fornecer cerca de 5 mil pratos por noite, além de distribuir 3,2 toneladas de agasalhos e cobertores obtidos em uma parceria com a Cruz Vermelha.

As tendas também contarão com atendimento médico fornecido por equipes do programa Consultório na Rua, iniciativa da pasta municipal de saúde com o centro social Nossa Senhora do Bom Prato. Além disso, serão disponibilizados ônibus para o transporte até os centros de acolhida pernoite da Prefeitura.

Os endereços serão localizados na Praça da Sé, Praça Princesa Isabel (Luz), Praça Barão de Tietê (Mooca), Praça Salim Farah Maluf (Santo Amaro) e Praça Miguel Dell'erba (Lapa). A ação tem a participação da Secretaria Municipal de Direitos Humanos, Defesa Civil e Guarda Civil Metropolitana.

Novas vagas em abrigos

A partir de quarta, a pasta municipal de Assistência e Desenvolvimento Social (SMADS) vai disponibilizar 817 novas vagas para abrigar a população em situação de rua. Localizadas em diversos centros de acolhida pela cidade, elas serão somadas às 340 já disponíveis em decorrência da Operação Baixas Temperaturas.

Segundo a Prefeitura, desde o começo da operação, em maio, mais de 15 mil acolhidas já foram realizadas.

Mínima chega a 4°C nesta sexta

Já nesta terça, 27, a cidade de São Paulo começa a sentir os efeitos de uma intensa massa polar que chega do Sul do País. Apesar da sensação de calor ainda predominar durante o dia, a temperatura cai de noite e ocorrem pancadas de chuva.

Na quarta, a mínima é de 10°C e máxima de 16°C. Até o fim da semana, o Climatempo prevê que a cidade alcance o recorde de frio em 2021. Os termômetros devem marcar 4ºC no amanhecer de sexta, 30, com previsão de geada.

O frio continua no sábado, com temperaturas variando entre 7°C e 19°C, e vai embora no domingo, com o retorno da mínima ao patamar de 14°C e máxima de 23°C.

Cotidiano