PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Conteúdo publicado há
1 mês

África do Sul reforça apelo por vacinação contra covid, após localizar nova cepa

Uma equipe médica em Port Elizabeth, na África do Sul, trabalhando durante a pandemia de coronavírus  - MARCO LONGARI / AFP
Uma equipe médica em Port Elizabeth, na África do Sul, trabalhando durante a pandemia de coronavírus Imagem: MARCO LONGARI / AFP

Gabriel Bueno da Costa

Em São Paulo

26/11/2021 09h34

O governo da África do Sul publicou comunicado, no qual reforça a importância de que a população local se imunize contra a covid-19. A administração diz que as vacinas continuam a ser o meio mais eficaz de combater o vírus e casos graves da doença, mas também defende o uso de máscaras em locais públicos, para evitar a disseminação do problema.

"Vamos acabar com o poder da nova variante nos vacinando para limitar o número de mutações, e salvar nosso verão porque as vacinas enfrentam as variantes", diz o texto.

Em outro comunicado, o governo sul-africano comenta o fato de que o Reino Unido decretou ontem um veto a voos do país, por causa da nova variante.

O texto nota que Londres tomou a decisão antes mesmo de a OMS (Organização Mundial de Saúde) analisar e se pronunciar sobre a gravidade da nova cepa e diz que estará em contato com o país para tentar reverter a decisão.

Outras nações anunciaram decisões na mesma linha.

Internacional