PUBLICIDADE
Topo

Política

Conteúdo publicado há
1 mês

'Grande desafio é reduzir a desigualdade', diz Ricardo Nunes

Felipe Rau/Estadão Conteúdo
Imagem: Felipe Rau/Estadão Conteúdo

Adriana Ferraz

São Paulo

16/05/2022 08h08Atualizada em 16/05/2022 08h57

Em entrevista ao jornal O Estado de S. Paulo, o prefeito Ricardo Nunes (MDB) relatou dificuldades no início do mandato em função da perda do "amigo e líder Bruno Covas", mas afirmou que, aos poucos, se adaptou ao cargo e às necessidades de São Paulo.

Um ano depois de assumir formalmente o posto, Nunes disse que vai iniciar uma série de obras na cidade, conforme estabelecido no plano de metas.

E acrescentou que sua prioridade é a melhoria de vida dos mais pobres. "Temos duas cidades em uma só: a muito rica e a muito pobre. São 1,4 milhão de pessoas na pobreza e extrema pobreza. Metade dos alunos da rede municipal nessa mesma situação, e ainda alta no número de moradores de rua. O grande desafio, certamente, é reduzir a desigualdade social, é cuidar dos mais pobres", afirmou.

Plano

Conforme Nunes, a Prefeitura definiu, pela primeira vez no plano plurianual de São Paulo, uma divisão de investimentos segundo as áreas mais vulneráveis.

Após um ano, ele listou realizações, como a entrega de nove unidades de pronto atendimento (UPAs) e 14 centros de atenção psicossocial (Caps), além do apoio da Câmara Municipal e o equilíbrio das contas.

Política