Conteúdo publicado há 6 meses

Chuvas em SC deixam mais 2 pessoas mortas; alertas para temporais continuam

Mais duas mortes foram confirmadas em Santa Catarina, em decorrência das fortes chuvas que atingem municípios do Estado, conforme balanço divulgado pela Defesa Civil na noite de segunda-feira, 16, mais um dia marcado pelo retorno dos temporais. Tratam-se de dois homens. Um deles foi eletrocutado ao tentar tirar de casa, em Três Barras, um aparelho de ar condicionado e o outro sofreu uma descarga elétrica ao sair a cavalo para lidar com o gado, em Calmon. Ao todo, seis pessoas já morreram.

Desde o início de outubro deste ano, as fortes chuvas têm causado transtornos aos moradores. Ainda de acordo com o relatório atualizado, ao menos 145 municípios registraram ocorrências relacionadas às chuvas, 125 estão em situação de emergência e Rio do Sul, no Alto Vale, decretou, na segunda-feira, estado de calamidade pública. O Estado tem 295 municípios, sendo Florianópolis a capital.

O alerta para fortes chuvas se mantém nesta terça-feira, 17, com risco de moderado a alto para ocorrências associadas com queda de árvores, danos à rede elétrica, alagamentos, enxurradas, inundações graduais e deslizamentos.

"Na quarta-feira, 18, as instabilidades perdem força no leste do Estado, onde ainda haverá muita nebulosidade e deve ocorrer chuva fraca. Entre o Grande Oeste e parte do Alto Vale do Itajaí e dos planaltos, a atuação de sistemas de baixa pressão e a persistência do fluxo de ar quente e umidade do norte do País, continuam favorecendo a ocorrência de temporais isolados ao longo do dia", alerta a defesa civil catarinense.

Ao menos 24 mil pessoas estão desabrigadas em 78 municípios de Santa Catarina, segundo o último balanço oficial divulgado pelo órgão.

Deixe seu comentário

Só para assinantes