Emater/RS: dias de sol favorecem plantio da soja, que atinge 50% da área

São Paulo, 30/11 - O plantio de soja 2023/24 foi intensificado nesta semana no Rio Grande do Sul, favorecido pela diminuição das precipitações e o aumento do número de dias ensolarados, e atinge 50% da área, informou a Emater. "Persiste a defasagem em comparação com a safra anterior, que, na mesma época, já havia sido implantada em 70% (da área) e, na média dos últimos cinco anos, alcançado 75% da área projetada", disse a empresa em relatório sobre o mercado. "Há preocupação por parte dos produtores em relação ao atraso, que pode impactar negativamente a produtividade, além de impossibilitar a implementação de um plantio escalonado, que facilitaria os manejos culturais subsequentes."

O aumento da insolação também beneficiou as lavouras de milho em desenvolvimento. A área plantada atinge 85%. "De maneira geral, houve melhoria no aspecto visual das lavouras e na coloração das plantas, indicando a redução do estresse, provocado pelo excesso de umidade em áreas de relevo plano", destacou a Emater.

A colheita de trigo no Estado se aproxima do fim, com retirada do cereal de 98% da área de 1,516 milhão de hectares, segundo a Emater. "Restam áreas a serem colhidas a sul e nordeste do Rio Grande do Sul, devido à semeadura mais tardia nessas regiões. Já mais a oeste e noroeste do Estado, a operação já foi concluída A qualidade dos grãos permanece abaixo do padrão ideal, especialmente nas lavouras estabelecidas durante a segunda metade do período de semeadura, indicado no zoneamento agrícola", informou a empresa em relatório. Conforme a Emater, a produtividade estimada é de 2.164 quilos por hectare, redução de 28,38% em relação à projeção inicial. Nos demais grãos de inverno, como aveia branca, cevada e canola, as colheitas foram encerradas.

As mais lidas agora