França ameaça reconhecer Palestina se não houver avanço

PARIS, 29 JAN (ANSA) - O ministro das Relações Exteriores da França, Laurent Fabius, ameaçou reconhecer o Estado da Palestina caso não haja avanços nas negociações com Israel.   

Nas próximas semanas, Paris pretende organizar uma conferência para retomar a "solução dos dois Estados", que permitiria a coexistência das duas nações. "Se houver um bloqueio, assumiremos a nossa responsabilidade pelo reconhecimento da Palestina", declarou o chanceler para o corpo diplomático francês.   

Segundo Fabius, é hora de a comunidade internacional caminhar de maneira decisiva rumo a uma solução definitiva para o conflito.   

Destacando que a segurança dos israelenses é uma "exigência absoluta", o ministro disse que "não há paz sem justiça" e que a situação atual dos palestinos é "fundamentalmente injusta".   

No entanto, esse não é o primeiro ultimato que a França dá para Israel. Em novembro de 2014, o mesmo chanceler já havia dito que daria dois anos para as partes encontrarem a paz, do contrário seu país reconheceria a Palestina. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos