Bélgica lança busca por 'homem de chapéu', suspeito de agir em atentados

Em Bruxelas (Bélgica)

A polícia da Bélgica lançou nesta segunda-feira (28) uma nova caçada por um suspeito de envolvimento no atentado ao aeroporto de Zaventem. O homem aparece de chapéu preto e jaqueta bege em imagens gravadas pelo circuito interno de segurança do aeroporto. A polícia divulgou hoje as imagens, pedindo ajuda à população por informações caso conheçam o suspeito ou o identifiquem.

"A polícia está tentando identificar o homem. Ele é suspeito de ter cometido o atentado ao aeroporto de Zaventem na terça-feira, dia 22 de março de 2016", explicou a polícia, em uma publicação online. 

No fim de semana, a imprensa belga tinha identificado o homem como o jornalista freelancer Fayçal Cheffou. Alguns jornais, como o "Le Soir", afirmam que o suspeito já está preso, mas que, como a polícia não consegue a confirmação da identidade através de DNA nem uma confissão formal, precisou seguir o protocolo e lançar os avisos de "procurado".

Cheffou é suspeito de agir junto com outros dois terroristas, que aparecem em roupas pretas nas imagens gravadas no aeroporto. A dupla se suicidou ao detonar as bombas; o terceiro suspeito, de chapéu escuro, estaria foragido.

A promotoria da Bélgica confirmou hoje a prisão de outros três suspeitos de terrorismo: Yassine A., Mohamed B. e Aboubaker O. nas operações da última sexta-feira realizadas em Bruxelas e Antuérpia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos