PMDB anuncia saída oficial do governo Dilma (2)

SÃO PAULO, 29 MAR (ANSA) - O partido PMDB anunciou a saída oficial do governo de Dilma Rousseff nesta terça-feira (29). Em uma rápida sessão, o senador Romero Jucá liderou os trabalhos e ressaltou a importância da Convenção do partido no dia 12 de março - que reelegeu o vice-presidente Michel Temer como líder da sigla.   


Jucá afirmou que todas as 11 moções para a saída do PMDB do governo de Dilma Rousseff seriam analisadas de uma só vez e o pedido de deixar o governo foi aprovado por aclamação, ou seja, todos os membros concordaram com o pedido.   


Durante a aclamação, alguns parlamentares gritavam "Temer presidente" e "Fora PT" e comemoravam a decisão solicitada pelos diretórios regionais. Segundo o senador, todos os cargos que pertencem aos políticos do partido deverão ser devolvidos - sem especificar data. Porém, alguns dos sete ministros do PMDB que eram contra a saída do governo, e já informaram que não pretendem deixar seus cargos, não participaram da sessão. Alguns deles já cogitam mudar de partidos para continuar no poder. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos