'Peladão' que se dizia filho de Mujica é preso no Uruguai

MONTEVIDÉU, 27 JUN (ANSA) - Um homem foi hospitalizado em uma instituição psiquiátrica no Uruguai após ser detido por policiais quando tirava a roupa na frente do sítio onde mora o ex-presidente José Mujica (2010-2015) e sua esposa, a senadora Lucía Topolansky.   

Segundo o jornal local "El Observador", se tratava de um estrangeiro de origem árabe que dizia ser filho do casal e pedia para ser adotado.   

O episódio foi registrado na semana passada. Após Mujica se negar a recebê-lo, ele resolveu tirar as roupas como forma de protesto.   

O homem, cuja identidade não foi revelada, ainda alegava que foi recebido em diversas ocasiões pelo ex-mandatário e sua esposa em sua residência.   

Segundo as forças de segurança, o estrangeiro, que fala espanhol muito mal, está delirando há vários dias.   

A localização do humilde sítio do ex-presidente em Rincón del Cerro é de conhecimento comum e ele costuma receber pessoas que precisam de ajuda. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos