Juiz ordena prisão de ex-deputada ligada a 'El Chapo'

CIDADE DO MÉXICO, 8 JUL (ANSA) - A Justiça do México ordenou a prisão de Lucero Sánchez, ex-legisladora supostamente ligada amorosamente ao narcotraficante Joaquín "El Chapo" Guzmán, preso no último dia 8 de janeiro após seis meses de fuga. A "chapodeputada", como é chamada pela mídia local, é acusada de ter usado documentos falsos para visitar o narcotraficante na prisão de alta segurança de Altiplano. Chapo esteve preso no local até julho de 2015, quando escapou por meio de um túnel de 1,5 km.   

Apesar de negar as acusações, seu mandado no Congresso de Sinaloa foi cassado em 14 de junho.   

A imprensa mexicana também afirma que Sanchez, cujo ex-marido foi assassinado em 2014, teria ao menos um filho com "El Chapo".   

Histórico - Joaquín "El Chapo" Guzmán é considerado um dos maiores traficantes do mundo. Ele foi recapturado no início de janeiro pela polícia mexicana. As autoridades teriam conseguido localizá-lo devido a um encontro do ex-traficante com o ator Sean Penn para uma entrevista.   

Ele chegou a ser considerado o segundo homem mais procurado do mundo, atrás apenas do fundador da Al Qaeda, Osama bin Laden.   

Aos 59 anos, ele aguarda extradição para os Estados Unidos em uma prisão em Ciudad Juárez, no norte do país. Ele é alvo de processos na Califórnia por formação de quadrilha e narcotráfico (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos