Ministro promete tirar navios de cruzeiro de Veneza

VENEZA, 12 JUL (ANSA) - O ministro de Infraestrutura e Transportes da Itália, Graziano Delrio, garantiu que em breve navios de cruzeiro não poderão mais entrar em Veneza.   

A declaração foi dada nesta terça-feira (12), durante uma conferência realizada na capital do Vêneto. "Certamente os grandes navios não podem mais entrar em Veneza", afirmou Delrio, destacando que há dois projetos na mesa para construir canais que permitam a navegação de transatlânticos sem afetar a cidade.   

"Mas isso é muito complexo porque tais projetos exigem avaliações ambientais muito particulares, sendo a lagoa [de Veneza] um lugar bastante complicado. O certo é que o objetivo é fazer com que os grandes navios não entrem mais em Veneza", completou. A proibição aos transatlânticos já é estudada há anos pelas autoridades italianas, mas até hoje não saiu do papel. São comuns as imagens de grandes cruzeiros entrando na Bacia de San Marco, pedaço da lagoa que fica em frente à praça homônima.   

Algumas dessas embarcações chegam a pesar mais de 40 mil toneladas e a carregar 15 mil pessoas, representando um risco para o frágil ecossistema de Veneza e um fator de erosão do solo marinho. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos