FBI alerta para 'diáspora' inédita de jihadistas do EI

NOVA YORK, 29 JUL (ANSA) - O diretor do FBI, James Comey, afirmou nesta sexta-feira (29) que o enfraquecimento do grupo jihadista Estado Islâmico (EI) deve levar a um aumento da possibilidade de atentados terroristas nos Estados Unidos e na Europa.   

"Em certo ponto, haverá uma diáspora de terroristas da Síria, como jamais vimos até agora", declarou o chefe da polícia federal norte-americana, durante uma conferência sobre cibersegurança. "Nem todos os terroristas do EI morrerão no campo de batalha", acrescentou.   

O Estado Islâmico vem perdendo nos últimos meses diversos territórios que estavam sob seu controle, como a cidade histórica de Palmira, na Síria, e Fallujah, no Iraque. Além disso, bombardeios da coalizão liderada pelos EUA e da Rússia, em aliança com o regime de Bashar al Assad, destruíram refinarias de petróleo que serviam para financiar o grupo.   

No entanto, esse enfraquecimento levanta temores sobre uma eventual escalada do terrorismo no Ocidente, seja em ações planejadas pelo próprio EI, como os atentados de Paris e Bruxelas, seja pela atuação dos chamados "lobos solitários", como teriam sido os ataques de Nice, Orlando e Ansbach.   

O Estado Islâmico também tem se mostrado extremamente competente no uso da internet para disseminar sua ideologia, influenciando pessoas que nunca chegaram perto de Síria ou Iraque. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos