Vaticano altera regras de processos de canonização

CIDADE DO VATICANO, 23 SET (ANSA) - O Vaticano alterou as normas e regulamentos para o reconhecimento de milagres atribuídos a candidatos à canonização, informaram fontes locais nesta sexta-feira (23). A Congregação para as Causas dos Santos, que cuida dos processos de beatificação e canonização, já aprovou o novo regulamento, que introduz duas novidades em relação à comprovação médica dos milagres. A primeira determina que um caso que tenha sido rejeitado por três vezes, com parecer suspensivo ou negativo, não pode ser reapresentado mais. A segunda mudança se refere ao pagamento das taxas dos peritos médicos, o qual deverá ser feito somente em conta corrente, e não mais em dinheiro. O custo da análise de dois peritos é de 500 euros, já uma consulta médica com sete profissionais custa 3.760 euros. O novo regulamento tem 20 artigos e foi publicado hoje, junto com um boletim da Sala de Imprensa do Vaticano. A última atualização das normas tinha ocorrido em 25 de janeiro de 1983, mas a Congregação trabalha em uma reforma maior que incluirá mudanças no regulamento geral do próprio organismo. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos