'Roma perdeu oportunidade ao rejeitar Olimpíadas',diz Boschi

SÃO PAULO, 30 SET (ANSA) - A ministra para as Reformas Constitucionais e Relações com o Parlamento da Itália, Maria Elena Boschi, lamentou nesta sexta-feira (30) que a nova prefeita de Roma tenha recusado a candidatura da capital para sediar os Jogos Olímpicos de 2024. "É uma ocasião perdida não só para a cidade, mas para os italianos. As Olimpíadas são um sonho, como eu vi que ocorreu aqui no Brasil", disse Boschi, que está em visita ao país e participou nesta manhã de um evento em São Paulo.   


"Não faremos as Olimpíadas sem o apoio de quem receberia os Jogos. A prefeita foi eleita pelos cidadãos de Roma", explicou a ministra, referindo-se a Virginia Raggi, do partido Movimento 5 Estrelas (M5S).   


Raggi, eleita em junho, alegou que anularia a candidatura de Roma por acreditar que as obras para os Jogos Olímpicos fossem alvo de corrupção. "Um político sério detém os ladrões, não as obras públicas.   


Milhares de postos de trabalho serão perdidos no altar da resignação", criticou o primeiro-ministro italiano, Matteo Renzi, dizendo que a decisão de Raggi foi um "papelão internacional". Com a saída de Roma, Budapeste (Hungria), Los Angeles (Estados Unidos) e Paris (França) continuam na disputa. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.



Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos