Papa lamenta ataque em Berlim e fala em "loucura assassina"

Na Cidade do Vaticano

  • Ettore Ferrari via AP

O secretário de Estado do Vaticano, o cardeal Pietro Parolin, enviou nesta terça-feira (20) um telegrama para o bispo de Berlim, em nome do papa Francisco, expressando "uma profunda comoção" após o atentado no mercado de Natal.

De acordo com a mensagem, o "papa Francisco se une a todas as pessoas de boa vontade que estão comprometidas a não deixar a loucura assassina do terrorismo encontrar espaço em nosso mundo".

Na noite desta segunda-feira (19), um caminhão invadiu um mercado de natal em Breitscheidplatz, na parte oeste de Berlim, e deixou ao menos 12 mortos e 48 feridos. A chanceler alemã, Angela Merkel, confirmou que o ataque foi um "ato terrorista" e afirmou que "este é um dia muito triste" para o país.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos