Carro em que Macri viajava é apedrejado na Argentina

SÃO PAULO, 29 DEZ (ANSA) - Um grupo de manifestantes contrários ao governo argentino atacou a pedradas na noite desta quarta-feira (28) o carro em que estava o presidente, Mauricio Macri, de acordo com comunicado oficial.   

O veículo no qual o mandatário argentino se deslocava para uma vila turística do sul do país teve os vidros quebrados. No entanto, nenhum passageiro ficou ferido.   

"Um grupo de cerca de dez pessoas lançou pedras contra o veículo no qual se deslocava o presidente Macri em direção ao evento de inauguração do Centro de Interpretação e Informação Turística de Villa Traful, provocando a ruptura de dois vidros do veículo", revelou a presidência em uma nota.   

Segundo o comunicado, a agenda de Macri será mantida "de forma normal". Após o susto, o argentino inaugurou o escritório turístico, localizado na província de Neuquén, no sudeste de Buenos Aires.   

Esta não é o primeiro incidente envolvendo o argentino. Em 12 de agosto, Macri foi hostilizado em um evento em Mar del Plata.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos