Vice-ministro anuncia saída de partido governista na Itália

ROMA, 23 FEV (ANSA) - O vice-ministro do Interior, Filippo Bubbico, anunciou que deixou a sigla governista Partido Democrático (PD) nesta quinta-feira (22). A medida é mais uma parte do capítulo turbulento que vive o partido do governo italiano.   

"Eu devidamente informei a minha decisão ao presidente do Conselho, Paolo Gentiloni", disse Bubbico, acrescentando que se unirá ao novo partido que deve ser formado por outro dissidente do PD, Pierluigi Bersani.   

Apesar de ainda não ter confirmado a criação da nova sigla, Bersani anunciou que quer formar uma novo "grupo de centro-esquerda" na Itália. Com ele, está outro expoente da "minoria" do PD, Massimo D'Alema. Os dois não concordam com as atitudes do ex-premier italiano Matteo Renzi e declaram uma "guerra" ao político.   

Outro que pode se juntar à nova sigla é Vasco Errani, nomeado por Renzi como comissário para a reconstrução das áreas afetadas pelos terremotos de 2016.   

"Apesar do que escrevem os jornais, eu falarei de política só no sábado, na reunião do meu círculo [político] em Ravenna. Até lá, não farei declarações de nenhum tipo sobre os temas do Partido Democrático", disse o político nesta quarta-feira (21). (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos