Hollande diz que ataque na Champs-Élysées foi 'terrorismo'

PARIS, 20 ABR (ANSA) - Em pronunciamento direto do Palácio do Eliseu, o presidente da França, François Hollande, disse estar convencido de que as pistas do tiroteio desta quinta-feira (20) na avenida Champs-Élysées, em Paris, são de "ordem terrorista".   

Além disso, o mandatário anunciou a convocação de uma reunião do Conselho de Defesa para as 8h (horário local) desta sexta (21).   

"Vamos ser absolutamente vigilantes, principalmente por causa do processo eleitoral", declarou Hollande.   

O presidente também enviou suas condolências às famílias do policial morto e dos dois feridos no ataque. "O apoio da nação é total às forças de segurança", acrescentou o mandatário, prometendo "grande determinação" para lutar contra o terrorismo.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos