Trump fará 'maior corte de taxas da história',diz secretário

NOVA YORK, 26 ABR (ANSA) - O secretário do Tesouro dos Estados Unidos, Steve Mnuchin, disse que o plano de corte de taxas do governo de Donald Trump, que será anunciado nesta quarta-feira (26), será "o maior da história".   

"O maior corte de taxas e a mais ampla reforma fiscal da história dos Estados Unidos", disse Mnuchin aos jornalistas hoje. Apesar de não anunciar todo o plano ainda, o secretário confirmou que as empresas - sem especificar se serão de todos os setores - pagarão 15% de taxas. Atualmente, o nível de impostos está na casa dos 35%.   

De acordo com analistas entrevistas pela mídia norte-americana, a reforma fiscal causará trilhões de dólares de déficit para as contas públicas na próxima década. No entanto, Mnuchin afirmou que essas taxas serão "pagas por elas mesmas com o crescimento econômico" que será gerado no país.   

Outros pontos que devem ser incluídos na reforma são benefícios para a repatriação de dinheiro que está no exterior e medidas para estimular o crescimento para setores específicos da economia norte-americana.   

A reforma fiscal e o corte de impostos foram duas das bandeiras de Trump durante sua campanha eleitoral no ano passado. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos