Reino Unido eleva alerta contra terrorismo para 'crítico'

SÃO PAULO, 23 MAI (ANSA) - Após uma reunião com seu gabinete de emergência, a primeira-ministra do Reino Unido, Theresa May, elevou de "severa" para "crítica" a ameaça terrorista contra o país, que na última segunda-feira (22) foi alvo de um atentado com mais de 20 mortos em Manchester.   

Isso significa que a realização de novos ataques não é apenas "possível", mas sim "iminente", e que as Forças Armadas poderão patrulhar as ruas britânicas, principalmente "pontos sensíveis", como o Parlamento e estações ferroviárias.   

Segundo May, a decisão foi motivada pela suspeita de que exista uma rede de terroristas por trás do suicida que se explodiu na Manchester Arena.   

O nível de alerta no Reino Unido só esteve no estágio "crítico" em duas ocasiões: em 2006, após a revelação de um plano para explodir aviões no Oceano Atlântico, e em 2007, depois de um ataque no aeroporto de Glasgow, na Escócia. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos