Mais de 250 ficam feridos em protestos na Venezuela

CARACAS, 30 MAI (ANSA) - Ao menos 257 pessoas ficaram feridas em manifestações contra o governo de Nicolás Maduro na Venezuela nesta segunda-feira (29) e terça-feira (30), informam membros da oposição ao presidente.   

De acordo com o líder da oposição, Henrique Capriles, até mesmo sua equipe foi agredida e roubada durante os protestos e um deputado foi atingido por uma bomba de gás lacrimogêneo.   

"Nos cercaram em uma esquina e nos batera. Roubaram todos nós, meus funcionários perderam seus relógios, rádios, máscaras", contou Capriles.   

Há mais de dois meses, quase que diariamente, a Venezuela registra uma série de protestos contra Maduro e sua "nova Constituinte". Ao menos 60 pessoas morreram e centenas ficaram feridas durante os atos. Além disso, a ONG Foro Penal Venezuelano (FPV) informou que quase três mil pessoas já foram presas durante as manifestações, das quais 1351 ainda estão detidas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos