China permite que estrangeiros tratem câncer de Liu Xiaobo

PEQUIM, 5 JUL (ANSA) - A China convidou oncologistas estrangeiros para examinarem o estado de saúde do dissidente e prêmio Nobel da Paz Liu Xiabo, segundo informaram as autoridades chinesas nesta quarta-feira (5).   

De acordo com o comunicado emitido pelo gabinete de assuntos judiciais de Shenyang, cidade no nordeste da China onde Liu está hospitalizado, o convite foi feito "a pedido da família do Nobel".   

O hospital "convidou os principais especialistas mundiais em câncer de fígado, dos Estados Unidos, da Alemanha, e de outros países para se deslocarem à China", diz o texto.   

O ativista foi condenado em 2009 a 11 anos de prisão por "subversão", mas saiu da prisão no mês passado. Ele foi diagnosticado com um câncer de fígado com metástase no restante do corpo em fase terminal. Em 2010, Liu se tornou o primeiro chinês a receber o Nobel da Paz. Após a descoberta da doença, vários países pediram a Pequim para autorizar que Liu viajasse ao exterior em busca de atendimento, um pedido também manifestado por organizações não-governamentais (ONG) e de defesa dos direitos humanos. No entanto, as autoridades chinesas alegam que o dissidente já foi tratado por bons médicos do país. Por sua vez, diversas organizações de direitos humanos criticaram o governo de Pequim pelo tratamento dado ao ativista.   

Além disso, acreditam que Liu foi libertado apenas para evitar a repercussão da morte na prisão de um opositor famoso. Símbolo da luta pela democracia na China, Liu Xiaobo foi condenado depois de ter sido um dos promotores da chamada "Carta 08", um manifesto a favor da introdução de reformas políticas democráticas e do respeito pelos direitos humanos no país, o que lhe rendeu o galardão da Paz. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos