PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Itália prende terrorista checheno que queria atacar Europa

09/07/2017 15h58

BARI, 9 JUL (ANSA) - A Procuradoria de Bari prendeu neste sábado (8) um extremista checheno que estava pronto para "imolar-se" em um atentado na Europa, informaram as autoridades italianas.   

Identificado como Eli Bombataliev, 38 anos, ele faz parte de um grupo de jihadistas do grupo "Emirado do Cáucaso", que é responsável por diversos atentados na Chechênia. O homem ainda teria combatido pelo grupo Estado Islâmico (EI) na Síria entre os anos de 2014 e 2015.   

"Se amanhã me chamarem para oferecer a mim mesmo, eu vou imolar-me", disse em uma das conversas grampeadas pelas autoridades italianas.   

O homem estava preso em Foggia e tinha conseguido sua liberdade recentemente, mas por apresentar sinais de radicalização, era monitorado de perto pelos italianos.   

De acordo com os procuradores da Antimáfia de Bari, Giuseppe Gatti e Lidia Giorgio, ele estava planejando viajar para outro país da Europa, provavelmente a Bélgica, onde realizaria um atentado terrorista. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional