PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Peru debate projeto para legalizar maconha medicinal

21/09/2017 15h36

SÃO PAULO, 21 SET (ANSA) - O congresso do Peru deu o primeiro passo nesta semana para legalizar o uso medicinal da maconha ao iniciar um debate do projeto de lei apresentado pelo governo do presidente Pedro Pablo Kuczynski.   

A medida permite a venda, sob prescrição, e o plantio individual, sob fiscalização, da droga, com o objetivo de atender a pacientes que sofrem de epilepsia e Alzheimer, e como paliativo para enfermidades terminais.   

O projeto foi aprovado na Comissão de Defesa do Legislativo e agora irá ao plenário do Congresso unicameral, controlado pela oposição, que deverá determinar uma data para o debate e aprovação definitiva da medida, que mantém a produção e o porte para uso recreativo proibidos.   

O mandatário peruano enviou o projeto ao Congresso depois de ter se sensibilizado com o pedido de um grupo de mães de crianças doentes que mantinham um local de cultivo em Lima para produzir a droga para medicar os filhos.No entanto, a polícia interditou o local.   

Caso a medida seja aprovada definitivamente, o Peru seguiria os países vizinhos que já legalizaram o uso da maconha como o Chile, Colômbia, Argentina e México.   

Antes de elaborar o projeto de lei, o governo do economista liberal de 78 anos encomendou pesquisas e consultou especialistas sobre a liberação da droga. No ano passado, Kuczynski causou polêmica a considerar que fumar maconha "não é o fim do mundo", porque graves são as drogas pesadas. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional