PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Corte decreta prisão de 'contador de Auschwitz' aos 96 anos

29/12/2017 17h22

BERLIM, 29 DEZ (ANSA) - A corte constitucional da Alemanha decidiu que Oskar Groening, conhecido como "contador de Auschwitz", deve ser preso devido à sua participação nos assassinatos em massa cometidos no campo de extermínio nazista durante a Segunda Guerra Mundial.   

Groening, que era encarregado de contar o dinheiro apreendido das vítimas de Auschwitz, tem 96 anos, e foi condenado a quatro anos de prisão em 2015, mas discussões a respeito de sua saúde e idade adiaram o início do cumprimento de sua pena.   

Nesta sexta-feira (29), o tribunal rejeitou o recurso apresentado pelos advogados de defesa do contador, no qual dizia que a prisão dele em uma idade tão avançada violaria seu direito à vida. "O requerente foi considerado culpado de ser cúmplice de assassinato em 300 mil casos relacionados, o que significa que existe uma importância especial de se cumprir a sentença que o Estado exigiu", escreveram os juízes, mantendo a decisão da corte regional de Celle.   

Segundo um porta-voz do Ministério Público de Hannover, a prisão de Groening "deve ocorrer em breve".   

Ao todo, cerca de 6 milhões de judeus foram assassinados durante o Holocausto, sob o comando de Adolf Hitler. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional