PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Múmia 'misteriosa' pode pertencer a pai de monarca do Irã

26/04/2018 14h39

TEERÃ, 26 ABR (ANSA) - Um corpo mumificado encontrado na última segunda-feira (23) em Teerã, no Irã, pode "muito provavelmente" pertencer a Reza Shah Pahlavi, pai do último monarca do país, informou sua família.   

O corpo foi encontrado por alguns operários durante uma obra em um santuário xiita em Shahr-e Ray, localizada ao sul de Teerã.   

Os restos mortais de Reza Shah estavam desaparecidos desde a revolução de 1979 - que depôs a dinastia Pahlavi -, quando sua tumba foi destruída.   

Nas redes sociais, fotos da múmia foram compartilhadas e rapidamente viralizaram. Também em pouco tempo surgiram as comparações do corpo com Reza Shah.   

"Se não como um pai do Irã moderno ou como um rei, ao menos como um simples soldado e servo do seu país e seu povo, Reza Shah deve ter um túmulo com seu nome em uma localização conhecida dos iranianos", escreveu seu neto, Reza Pahlavi, no Twitter.   

Reza Shah aplicou um golpe no Irã e iniciou a dinastia Pahlavi em 1925, que durou mais de 50 anos. O líder é conhecido por seus ataques contra a religião e as supostas violações dos direitos humanos.   

O monarca morreu em 1944 no exílio na África do Sul, três anos depois de ter abdicado a favor do seu filho, Mohammed Reza Pahlavi.(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional