Relacionar terrorismo com Islã é 'loucura', diz papa

Em Milão

  • Getty Images

    "O papel mais importante das religiões é o de promover a cultura do encontro", disse o pontífice

    "O papel mais importante das religiões é o de promover a cultura do encontro", disse o pontífice

O papa Francisco afirmou que relacionar o terrorismo com o Islã é uma "loucura" e que o papel das religiões é promover a "cultura do encontro".

As declarações foram dadas em entrevista ao jornal italiano "L'Eco di Bergamo", cidade que recebeu nesta quinta-feira (24) o corpo do papa João 23 (1881-1963), que é bergamasco.   

"Está na boca de tantos, mas essa equação é uma mentira e uma loucura", afirmou o líder da Igreja Católica, respondendo sobre quem faz relação entre o terrorismo e o islamismo.

"O papel mais importante das religiões é o de promover a cultura do encontro, junto com a promoção de uma verdadeira educação para comportamentos de responsabilidade no cuidado com a criação", disse.

Em seu pontificado, Francisco vem mantendo diálogo com as outras religiões, inclusive o Islã, e já visitou mesquitas em suas viagens pelo mundo, como na Turquia, na República Centro-Africana e no Azerbaijão. 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos