EUA taxa aço e alumínio de parceiros como UE,México e Canadá

WASHINGTON, 31 MAI (ANSA) - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, decidiu aplicar taxas aduaneiras sobre as importações de aço e alumínio da União Europeia, México e Canadá. De acordo com o secretário de Comércio norte-americano, Wilbur Ross, as medidas passam a valer à meia-noite de hoje, no horário de Washington.   

Trump justificou a decisão alegando que a importação de aço e alumínio "é tanta que ameaça enfraquecer a segurança nacional". Até agora, a União Europeia, o México e o Canadá, por serem parceiros estratégicos dos Estados Unidos, eram poupados da tarifa de 25% sobre as importações de aço e de 10% sobre as de alumínio ao país. Trump também vai impor cotas ou limites às importações de aço e alumínio de outras nações, como Coreia do Sul, Austrália e Brasil.   

Vários líderes políticos já começaram a se manifestar contrários a medida. Para o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, a manobra de Trump é "puro e simples protecionismo", já que os EUA "não deram nenhuma outra possibilidade a não ser a imposição da decisão". O governo mexicano, por sua vez, prometeu que aplicará medidas equivalentes aos EUA.   

O Japão também demonstrou "grande preocupação" com a medida, alegando que ela é "injustificável" e que pode causar "grande turbulência no mercado global, além de levar ao fim do sistema comercial multilateral baseado nas regras da Organização Mundial do Comércio (OMC)". (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos