PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Governador italiano é colocado em prisão domiciliar

06/07/2018 12h36

MATERA, 06 JUL (ANSA) - O governador da região italiana da Basilicata, Marcello Pittella, foi colocado nesta sexta-feira (6) em regime de prisão domiciliar por causa de uma acusação de falsificação e abuso de poder.   

Pittella pertence ao Partido Democrático (PD), de centro-esquerda, e governa a Basilicata, no extremo-sul da Itália, desde dezembro de 2013. Segundo o Ministério Público, o governador é suspeito de manipulação de concursos públicos e de ter influenciado em indicações para cargos no sistema de saúde regional.   

Além de Pittella, outras 19 pessoas estão em prisão domiciliar, e duas foram levadas para a cadeia, todas ligadas a entidades sanitárias da Basilicata. Segundo seu gabinete, o governador conseguirá demonstrar que não tem ligação com as denúncias, "em clima de plena confiança na magistratura".   

Pittella anunciou recentemente que pretende se candidatar à reeleição no próximo pleito regional, que ocorrerá entre o fim de 2018 e o início de 2019. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional