PUBLICIDADE
Topo

Polícia prende 'lobo solitário' do Estado Islâmico em Milão

21/11/2018 15h51

ROMA, 21 NOV (ANSA) - A polícia de Milão, na Itália, prendeu na noite desta terça-feira (21) um egípcio de 22 anos que se diz "lobo solitário" do grupo jihadista Estado Islâmico (EI).   

Identificado como Issam Shalabi, o jovem é acusado de associação com finalidade de terrorismo internacional e instigação e apologia ao terrorismo. Segundo as investigações, o terrorista estava "pronto para lutar e fazer guerra". A ordem de prisão preventiva foi emitida pelo juiz de Investigações Preliminares (GIP) de L'Aquila, cidade responsável pelo inquérito.   

A operação contou com os agentes da Direção Distrital Antimáfia de L'Áquila (DDA) e da Divisão de Investigações Gerais e Operações Especiais (Digos) e foi coordenada pela Procuradoria Nacional Antimáfia e Antiterrorismo.   

Em comunicado divulgado nesta quarta-feira (21), a polícia italiana informou que as investigações foram iniciadas após as autoridades receberem uma notificação que em um grupo de WhatsApp, formado por potenciais terroristas, havia um número de telefone italiano.   

Logo depois, a polícia apreendeu arquivos de áudios e durante as análises das escutas, foi possível ouvir Shalabi admitindo que participou de um treinamento militar muito "profundo". O jovem também afirmou ser um dos agentes de propaganda do Estado Islâmico. Além da blitz em Milão, várias buscas foram realizadas simultaneamente nas regiões de Abruzzo, Lombardia, Emília-Romagna e Piemonte.   

A operação ainda investiga outros dois egípcios, de 21 e 23 anos de idade, que têm ligação com Shalabi, que vive na Itália há sete anos.   

Ao longo dos últimos anos, o Estado Islâmico já divulgou diversas ameaças contra a Itália, mas ainda não conseguiu realizar nenhum ataque no país, nem mesmo com os chamados lobos solitários - ao contrário da Alemanha, França e Reino Unido.   

(ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.