PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Terremoto causado por vulcão Etna deixa 600 desabrigados na Itália

O observatório do Monte Etna diz que lava e cinzas estão sendo expelidas do vulcão na Sicília em meio a um nível alto de atividade sísmica - Orietta Scardino/AP
O observatório do Monte Etna diz que lava e cinzas estão sendo expelidas do vulcão na Sicília em meio a um nível alto de atividade sísmica Imagem: Orietta Scardino/AP

26/12/2018 15h52

Pelo menos 600 pessoas foram deslocadas do norte da província de Catania, na Sicília, em decorrência do terremoto de 4,8 graus na escala Richter que atingiu a região na madrugada desta quarta-feira (26).

As autoridades chegaram a este número graças aos pedidos realizados pelos moradores da região. Com isso, um acordo foi feito entre a prefeitura da cidade e a associação hoteleira Federalberghi para hospedar os atingidos em instalações turísticas.

Apesar de não habitarem em residências declaradas inabitáveis, cidadãos que estão com medo de voltar para casa serão alojados em ginásios esportivos por uma noite.

Na quinta-feira (27) à tarde, o Conselho de Governo fará uma reunião extraordinária para declarar estado de calamidade em alguns municípios de Catania. A medida foi decidida pelo governador da região, Nello Musumeci. 

Internacional