PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Hariri é reconduzido ao cargo de primeiro-ministro do Líbano

31/01/2019 16h40

BEIRUTE, 31 JAN (ANSA) - As facções políticas do Líbano chegaram nesta quinta-feira (31) a um acordo para reconduzir Saad Hariri ao cargo de primeiro-ministro, após quase nove meses de impasse.   

O novo governo será formado por 30 ministros, incluindo a primeira mulher no comando da pasta do Interior, Raya al Hassan, do Movimento Futuro, liderado por Hariri.   

Trata-se de um governo de união nacional, composto por todos os partidos políticos, incluindo o movimento xiita Hezbollah. O cargo de primeiro-ministro no Líbano é reservado a um muçulmano sunita, e o partido de Hariri acabou prevalecendo dentro dessa vertente nas eleições de maio passado.   

Já o presidente é sempre cristão maronita, e o chefe do Parlamento, muçulmano xiita. Ex-aliado da Arábia Saudita, Hariri governa o país desde dezembro de 2016, mas também exerceu um mandato entre novembro de 2009 e junho de 2011. (ANSA)
Veja mais notícias, fotos e vídeos em www.ansabrasil.com.br.


Internacional