PUBLICIDADE
Topo

Internacional

Itália tem maior número de mortes por covid em 3 meses

Itália tem maior número de mortes por covid em 3 meses - REUTERS/Remo Casilli
Itália tem maior número de mortes por covid em 3 meses Imagem: REUTERS/Remo Casilli

07/04/2021 13h01

A Itália registrou mais 627 mortes por Covid-19 nesta quarta-feira (7), maior número para um único dia desde 5 de janeiro, quando haviam sido contabilizados 649 óbitos, de acordo com o Ministério da Saúde.

Também é a primeira vez desde 19 de janeiro que o país soma mais de 600 vítimas em um período de 24 horas. Com isso, a Itália totaliza agora 112.374 mortes na pandemia do novo coronavírus, ficando atrás apenas de EUA, Brasil, México, Índia e Reino Unido em termos absolutos.

Por outro, lado o número de novos casos teve uma queda significativa nesta quarta-feira, com 13.708, cerca de 10 mil a menos que a cifra registrada no mesmo dia da semana passada.

Dessa forma, a média móvel de contágios em sete dias caiu para 16.717, menor valor desde 28 de fevereiro (16.585).

A Itália contabiliza agora 3.700.393 casos confirmados do novo coronavírus, 3.040.182 pacientes curados e 547.837 casos ativos.

Cerca de 8 milhões de pessoas já foram vacinadas (13,5% da população nacional), sendo que 3,6 milhões tomaram as duas doses (6% dos habitantes).

O país realizou três dias de lockdown nacional entre sábado e segunda-feira para reduzir o risco de contágio na Páscoa e na "Pasquetta", mas o governo relaxou as restrições na última terça para 11 das 20 regiões italianas.

Além disso, as escolas voltaram nesta quarta a ter aulas presenciais para cerca de 5,6 milhões de alunos, o que representa quase 66% do total de estudantes do sistema público de ensino no país.

A reabertura contempla 100% dos alunos das escolas infantis e do equivalente italiano ao ensino fundamental I; 59,5% do ensino fundamental II; e 19,7% do ensino médio.

Internacional